Páginas

pesquisa

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Feliz pra cachoro


Pensa num cara que anda feliz
Pra cachorro
Mas pensa assim num cachorro
Pra lá de feliz
Desde que te vi, que o chão não
Tem fundo, que o céu não tem forro
Cantarolo e morro de rir
Todo feliz como um gol numa
Copa do mundo
No fim do segundo tempo da
Prorrogação
Desde que te v,i é farra pra tudo
Tem funk no morro do fundo do
Meu coração
Tão raro de se ver, param pra dizer
Para eu ser feliz para lá
Peraí, o que é que há?
Quero ver quem vai me impedir
De sorrir do Pari até o Pará
Pensa num cara que anda
Contente pra burro
Mas pensa um burro contente que
Nem um sagui
Desde que te vi, parei de dar
Murros em ponta de faca
Deu caca, eu dou urros de rir
Todo contente que nem são os
Gols de chaleira
A zaga inteira batida e o goleiro
No chão
Desde que te vi, não tenho enjoeira,
Nem segunda-feira ou canseira no
Meu coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário